Já nas livrarias: "Assim Nasceu Portugal - A Vitória do Imperador"

Assim Nasceu Portugal II.jpg

A partir de hoje, o meu novo livro já está à venda nas livrarias. Chama-se "Assim Nasceu Portugal - A Vitória do Imperador", e é o segundo volume da trilogia sobre a vida de Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal. 

 

Passado entre 1130 e 1140, descreve uma década de fortes lutas que os portucalenses têm de travar, contra o Imperador Afonso VI, rei de Leão e Castela, mas também contra os mouros. 

Além disso, é também a continuação da atribulada história de amor vivida por Afonso Henriques e Chamoa Gomes, a sua grande paixão, que era sobrinha de um dos maiores inimigos do príncipe de Portugal, Fernão Peres de Trava.

 

A história começa em Guimarães, onde depois de se reconciliar com Afonso Henriques, uma aterrada Chamoa Gomes descobre que está grávida de outro homem, o que enfurece o príncipe de Portugal, que a expulsa do castelo.

O atribulado romance entre ambos vai viver uma nova provação, dolorosa e duradoura, mas o amor nunca se extinguirá ao longo de mais de uma década onde as guerras são permanentes em duas frentes.

 

Na fronteira sul do Condado Portucalense, enquanto os templários procuram a sagrada relíquia da Terra Santa, os muçulmanos vão lançar violentos ataques e os cristãos vão recusar a proposta pacificadora da princesa Zaida, que deseja casar-se com Afonso Henriques para unir a Andaluzia ao novo reino de Portugal. 

Numa convulsão sangrenta, Leiria e Tomar são destruídas pelo emir de Córdova, o príncipe Ismar, e a luta contra este atingirá o seu auge na famosa batalha de Ourique, onde um milagre divino abençoa os portucalenses, que aclamam Afonso Henriques como o seu rei.

 

Entretanto e na fronteira norte, acima do rio Minho, há muito que prossegue a bélica e vingativa campanha do nobre galego Fernão Peres de Trava, repleta de tortuosos estratagemas e combates intensos, travados em Celmes, Tui e Cerneja e liderados pelo próprio rei de Leão e Castela, Afonso VII. 

O poderoso e sagaz primo direito de Afonso Henriques, além de se coroar Imperador da Hispânia, tudo faz para derrotar o príncipe de Portugal, incluindo tentar seduzir a bela Chamoa...

  

publicado por Domingos Amaral às 12:07 | link do post