Colégio Militar: o anúncio mais mentiroso do ano!

Há um anúncio, cheio de notáveis, que anda por aí a passar nas televisões, onde aparecem muitos indignados com o fim de uma "instituição centenária", o Colégio Militar!

Eu, quando o vi pela primeira vez, fiquei preocupado. Estaria o Governo, no seu frenesim de cortes da despesa, a obrigar ao fecho do Colégio Militar?

Teria a "troika", numa das suas avaliações, dado uma subtil ordem de encerramento da instituição?

Mas, quando fui informar-me do que se passava, senti um verdadeiro choque!

Era mentira, o Colégio Militar não ia nada fechar! A única novidade é que ia passar a aceitar meninas!

Para aquele grupo de antigos alunos, em que se incluiam pessoas célebres como Adriano Moreira, Rocha Vieira, José Tribolet, e o actor Luís Esparteiro, além de um ou outro rapazinho imberbe e um ou outro popular desconhecido, para mostrar que aquilo não era uma fronda das elites, mas uma amostra representativa; para aquele grupo emérito de indignados, a presença das meninas no Colégio Militar era o equivalente ao fim da instituição!

E assim conseguiam levar muita gente ao engano, numa artimanha maliciosa, que se fosse feita a um produto era obviamente publicidade "enganosa".

Mas, como há notáveis indignados, a coisa passa por aceitável. 

O que é que esta gente patética tem contra "as meninas"? Qual a notável tradição que se defende em lutar contra um colégio misto?

Será que as meninas trazem doenças venéreas, como antigamente se dizia?

Será que fazem baixar a qualidade do ensino, porque são todas certamente loiras e burras?

Ou, pior ainda, será que são uma encarnação do demónio, cada uma delas um Satanás sem cauda, que irá levar à loucura e à perdição as nobres "pilinhas" dos ainda mais nobres meninos?

De que tem medo esta gente?

Esta ideia de que a pureza de uma instituição, a sua nobreza e dignidade, se degrada ao ponto do estado terminal, só porque as meninas vão entrar no colégio, deve ser a ideia mais estúpida e fundamentalista dos últimos tempos em Portugal!

A demonização das "meninas", a discriminação negativa a que o clube do Bolinha da estrada da Luz as sujeita, são coisas de um mundo que já pensava que não existia, mas infelizmente existe.

Os meninos querem o seu clubezinho do Bolinha só para eles, menina não entra!

Coitados, além de retrógados e tontos, não sabem o que perdem...

 

publicado por Domingos Amaral às 16:01 | link do post