Que bom é ver o Benfica jogar assim!

Ontem, fui mais uma vez ao Estádio da Luz, ver o Benfica-Celtic, com o meu filho Duarte, e saímos de lá bem contentes. O Benfica jogou muito bem, em especial na segunda parte, e massacrou o Celtic, e 2-1 no final até soube a pouco. Podiam ter sido 4 ou 5, tal o número de oportunidades criadas. Lima, Salvio, Cardozo, Luisão e mesmo Matic, quase marcavam, e mais importante que isso a equipa jogou um futebol entusiasmante, confirmando que está a subir de forma.

Pena o golo do Celtic, numa jogada muito esperta, em que um avançado escocês bloqueia Artur e o impede de saltar, sem falta, permitindo que o outro marque golo. Há que aprender com estes erros e estes truques, talvez um dia sejamos nós a beneficiar deles.

E agora, resta ganhar em Nou Camp. É evidente que não vai ser fácil. O Celtic joga em casa com o Spartak, tem grandes probabilidades de vencer, e isso obriga o Benfica a ganhar ao Barcelona, o que dito assim parece possível, mas na verdade é uma empreitada duríssima.

O Barça raramente perde em casa, mas se nós não tentarmos não vamos conseguir. A parte boa é que o Benfica tem uma estratégia clara, e isso ajuda a clarificar as ideias. Odeio aqueles jogos em há várias estratégias possíveis - podemos empatar, podemos ganhar e às vezes até perder - pois isso confunde os jogadores e o treinador. Assim é trigo limpo, farinha amparo, ou ganhamos ou vamos para a Liga Europa de certezinha.

De qualquer forma, o Benfica está a melhorar. Em 15 jogos oficiais - 8 para o campeonato, 2 para a Taça de Portugal e 5 para a Champions - colecciona 10 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, o que dá uma percentagem de vitórias de 76,6 por cento. No início de Outubro, há pouco mais de um mês, a percentagem de vitórias era de 68,75 por cento, e portanto vamos no bom caminho.

Também nos golos estamos melhor. Marcámos nas três competições 34 golos, o que dá uma média de 2,26 por jogo, e sofremos 11 golos, uma média de 0,73 por jogo. Melhorámos ambas as médias em relação ao início de Outubro, que eram respectivamente de 2 e 1 golo por jogo. Só espero que esta tendência de se mantenha.

publicado por Domingos Amaral às 12:26 | link do post