A guerra da Apple e da Samsung

Na batalha entre Apple e Samsung, sou daqueles que troquei de campo, embora apenas nos telemóveis. Primeiro tive um iPhone e confesso que não gostei. Era lento nas pesquisas na internet, perdia muitas vezes a rede, e ouviam-se sempre interferências durante as chamadas. Há coisa de dois anos mudei-me para um Samsung Galaxy e foi como tivesse subido rapidamente de nível.

O Galaxy é bem melhor que o iPhone, essa é que é essa. Admito que a Samsung até tenha seguido atrás das ideias de design e coisas assim, mas a verdade é que, no que toca a tecnologia, o Samsung dá três a zero ao iPhone. Um pela melhor qualidade de som durante as chamadas, um pela facilidade em ter rede em qualquer local, e mais um pela rapidez de acesso à net. Nos gráficos, admito que o iPhone é capaz de ser mais sofisiticado, mas no resto, sinceramente desiludiu-me.

É claro que depois, a Apple conquista-me com os computadores propriamente ditos. O iMac que tenho é uma fábula, e os iPad são mesmo muito bons e muito úteis. Os Galaxy também são giros e aí acho que as duas marcas estão ela por ela, embora a Samsung tenha surpreendido com o Galaxy wi-fi, que é claramente um tablet para crianças que funciona, uma miniatura gira que a concorrência não tem.

Portanto, eu diria que a Samsung é melhor nos telemóveis, a Apple melhor nos computadores, e há um empate técnico nos tablets. Embora do ponto de vista da moral, eu não tenha gostado que a Apple tenha recorrido aos tribunais americanos para se queixar da Samsung, o que a levou a descer um pouco no meu afecto. Mas, guerra é guerra, como dizia o outro. 

publicado por Domingos Amaral às 12:43 | link do post