Messi na Luz (II)

Grande enchente, ambiente excelente, Benfica a fazer grande primeira parte mas a não marcar, e o Barcelona a marcar cedo demais, logo aos 6 minutos. Pouco antes do jogo, em conversa com o meu filho e com os meus habituais compadres de bancada, tínhamos todos chegado à conclusão que só havia entre 1 e 5 por cento de hipóteses do Benfica ganhar o jogo, ou mesmo de o empatar. Para isso, teríamos de marcar primeiro, de preferência a partir do minuto 80...Claro que aconteceu o que todos esperávamos, o Barça joga mesmo muito à bola, não dá grandes hipóteses, mas se surpresa existiu foi a primeira parte do Benfica, quase de igual para igual, a criar várias jogadas de perigo e muito concentrado. Porém, na segunda parte o Benfica desceu um degrau e o Barça dominou totalmente, passeando a sua classe. Não vale a pena enervarmo-nos, valeu pelo espectáculo, e quanto à Champions continuamos na guerra. Teremos de ganhar os 2 jogos em casa contra o Spartak e o Celtic, e já no próximo jogo tentar também ganhar em Moscovo. Mas, nada disto é certo, e vai ser preciso lutar muito, principalmente contra o Spartak, que já está com a corda ao pescoço...

publicado por Domingos Amaral às 10:28 | link do post