Os labradores e os pêlos

Os labradores são dos cães mais amáveis e fiéis que se podem ter. Simpáticos e brincalhões, são grandes amigos das crianças e dos adultos, e têm muito pouca agressividade, o que os leva a também serem bons amigos dos outros cães, com quem apenas desejam partilhar umas boas folganças. O único problema grave dos labradores é o pêlo. Em especial quando são negros, como o meu querido Benji. O pêlo do labrador é uma verdadeira tortura para os donos. Cai por todo o lado, em tufos, espalha-se alegremente esvoaçando pelo chão da casa, entranha-se nos tapetes, e mesmo quando impedimos o cão de subir uma pata que seja para cima de um sofá, o sofá enche-se de pêlos. Há, em cada compartimento de minha casa, uma dose considerável de pêlo, e por vezes nem com duas aspirações diárias eles desaparecem. Mesmo que eu escove muito o meu cão, a sua produção de pêlos é superior às minhas capacidades de subtraí-los. No final deste combate permanente, o pêlo do Benji vence sempre e ao final da noite nós limitamo-nos a baixar os braços, olhando com cansaço para o chão, onde estão mais alguns pêlos que ele acabou de deixar cair...

publicado por Domingos Amaral às 11:26 | link do post